Purificadores de Água

Neste artigo apresentamos os melhores purificadores de água disponíveis no mercado. Beber água é fundamental para manter a saúde em dia, mas tem que ser uma água de boa qualidade, livre de contaminações. E um bom purificador garante (ou deveria garantir) essa água livre de resíduos físicos, micro-organismos e excesso de cloro.
Portanto, na hora de escolher um purificador de água, os itens básicos a considerar são: eficiência bacteriológica, retenção de partículas e redução de cloro livre, atestados pelo selo do INMETRO.

Melhores purificadores de água de 2020

1º – Consul CPB36 Filtragem máxima e muita água gelada Melhor Oferta
2º – Electrolux PA21G Excelência em filtragem e design Melhor Oferta
3º – Consul CPB34AS Funcional, ótimo custo-benefício Melhor Oferta
4º – Consul CPC31AB Filtra com excelência Melhor Oferta
5º – IBBL FR600 Speciale Água gelada em abundância Melhor Oferta
6º – IBBL MIO Compacto, ótimo preço Melhor Oferta
7º – Colormaq Premium Melhor custo-benefício Melhor Oferta

No que prestar atenção na hora da escolha?

Retenção de partículas é a capacidade do purificador barrar a passagem de resíduos como ferrugem, argila, areia, entre outros.
Há 6 níveis de retenção de partículas, de “A” (anteriormente P-I), que indica eficiência máxima, até F (pior desempenho).
Para ter uma ideia, um purificador com retenção de partículas classificação “A”, consegue impedir a passagem de elementos com tamanho entre 0,5 e 1µm (milésimo de milímetro). Sendo que um grão de areia costuma medir de 200 a 500µm.
Já a retenção de cloro livre se refere ao purificador ser capaz de retirar o excesso de cloro da água (usado no processo de tratamento das companhias de abastecimento).
Neste quesito, o selo do INMETRO apenas certifica se a função está ou não presente, sem escala de eficiência (que antes variava de C1 a C3).
Quanto ao item “eficiência bacteriológica”, surpreende o fato de que boa parte dos purificadores comercializados não possui esta certificação (incluindo alguns modelos bem caros).
Como o próprio nome indica, esta função se refere à eliminação de bactérias e outros micro-organismos da água.
Na elaboração dessa lista, levamos em consideração: melhoria da qualidade da água, durabilidade e preço do refil, o fornecimento ou não de água gelada, outras funcionalidades, como aviso de troca de refil e, obviamente, a relação custo-benefício de cada produto.

1° – Consul CPB36

Melhor Purificador de Água

Atualizamos o ranking e o Consul CPB36 é o nosso novo escolhido como melhor purificador de água.
A sua eficiência máxima em filtragem juntamente com a refrigeração por compressor colocam esse como um dos produtos mais completos do mercado nesse segmento.
Possui classe “A” em retenção de partículas, com redução de cloro e com eficiência bacteriológica.
Além disso, é capaz de fornecer cerca de 1,7 l/h de água gelada. Muito acima dos demais modelos com a mesma eficiência de filtragem.
Ele oferece ainda a opção de escolher entre três níveis de temperatura da água, natural, fria ou gelada.
Próximo aos botões você encontra as luzes indicadoras que mostram gradualmente a vida útil do refil.
Segundo o INMETRO o consumo nominal do CPB36 é de 4,32 kWh/mês.

Mas e os problemas?

Começando pelo tamanho, o modelo é bem grande. É preciso reservar um espaço considerável na cozinha para a instalação do mesmo.
Ele utiliza o mesmo refil dos modelos CPC30 e CPB35 que também estão nesta lista. Mas o valor desse refil é um pouco acima da média do mercado.
Assim como a maioria dos purificadores desse tipo, ele não funciona em caso de falta de energia elétrica.
Ah! Preste atenção também na voltagem, o CPB36 não é bivolt.

Prós

  • Eficiência bacteriológica
  • Retenção de partículas “A”
  • 3 opções de temperatura da água
  • Alto fornecimento de água gelada (1,7 l/h)
  • Display gradual de vida útil do refil

Contras

  • Ocupa bastante espaço
  • Não funciona sem energia elétrica
  • Custo do refil

2° – Electrolux PA21G

Electrolux PA21G

Esse purificador reúne um ótimo desempenho em termos de melhoria da água, fornece água gelada e tem um dos refis com maior durabilidade do mercado: 12 meses ou 3.000 litros de água.
Possui eficiência bacteriológica certificada pelo INMETRO e classificação “A” quanto à retenção de partículas, além de retirar o excesso de cloro da água.
Fornece água natural, fria ou gelada, e permite escolher o tamanho da porção (para encher meio copo, um copo ou uma jarra).
A saída de água fica numa altura boa, facilitando na hora de encher recipientes mais altos.
Outra facilidade é o alerta de troca de filtro: uma luz se acende no painel quando chega o momento de fazer a substituição.
Tem um design moderno e pode ser usado sobre a bancada da cozinha ou fixo na parede, para economizar espaço.
É bivolt e o consumo de energia certificado pelo INMETRO é de 07KWh/mês.
Quando levamos em consideração a capacidade de melhoria da água e desempenho em termos de refrigeração, a relação custo-benefício é muito boa.

Mas, infelizmente, nem tudo é perfeito

O primeiro ponto negativo desse modelo de purificador é que ele não funciona sem energia elétrica, nem mesmo para água natural.
Portanto, em caso de falta de luz, você também ficará sem água filtrada.
Além disso, por contar com sistema de refrigeração eletrônico (não por compressor), a capacidade de fornecer água gelada não é tão grande.
Ele consegue gelar apenas 200 ml de água por hora, e seu reservatório comporta somente 800 ml.
Logo, para uma casa com mais de 2 pessoas, onde todos gostam de água gelada, é preciso avaliar bem antes de optar por esse purificador.
E por fim, o preço do filtro é um dos mais altos do mercado, embora isso seja plenamente justificado pela qualidade da filtragem oferecida.

Prós

  • Eficiência bacteriológica
  • Retenção de partículas “A”
  • Durabilidade do refil
  • 3 opções de temperatura da água
  • Alerta de troca de refil

Contras

  • Não funciona sem energia elétrica
  • Baixa capacidade de resfriamento por hora
  • Reservatório pequeno
  • Preço do refil

3° – Consul CPB34AS

Consul CPB34AS

O CPB34AS é a o sucessor do CPB35AB no mercado, tanto que as características dos dois são praticamente as mesmas, com diferença apenas no design e em alguns detalhes.
Resolvemos adicioná-lo na lista no lugar do antigo pela questão da disponibilidade no mercado, já que o CPB35AB já não está mais em linha e dificilmente encontramos ele à venda.
Esse novo modelo segue exatamente a mesma linha do anterior, tem classificação máxima em purificação, “A” em retenção de partículas, com eficiência bacteriológica e redução de cloro livre.
No consumo de energia elétrica ele se sai um pouco melhor, cerca de 7 KWh/mês segundo o INMETRO.
Outro detalhe que encontramos diferença é que por algum motivo a Consul retirou a opção de apertar os dois botões ao mesmo tempo para ter uma água com temperatura intermediária.
Agora você terá que escolher entre água gelada ou natural, e só!
O indicador de troca de refil continua ali, o que é uma boa notícia, mas ainda consideramos o preço do refil um pouco acima do que deveria.
É possível adquirir o purificador em duas diferentes opções de cores, branca ou cinza, as duas com design bastante agradável.

O que não agrada

Além do preço um pouco exagerado do refil o CPB34 também tem algumas outras características que deixam um pouco a desejar.
A principal delas na nossa opinião é a baixa capacidade de fornecimento de água gelada, são míseros 0,2 litros por hora.
Isso se dá por conta do sistema eletrônico de resfriamento, os equipamentos com resfriamento por compressão são muito mais eficientes nesse quesito.
Como é o caso do primeiro da lista, o CPB36, da mesma marca.

Prós

  • Máxima eficiência de filtragem
  • Eficiência bacteriológica certificada
  • Alerta de troca de refil

Contras

  • Baixa capacidade de resfriamento de água
  • Alto custo do refil
  • Não funciona sem energia elétrica

4° – Consul CPC31AB

Consul CPC31AB

O Consul CPC31AB é o sucessor da marca para o modelo CPC30AB, que integrava também a mesma posição no nosso ranking.
As mudanças de um modelo para outro são praticamente nulas, mas atualmente é praticamente impossível encontrarmos o modelo mais antigo a venda.
O CPC31AB é ideal para quem não quer um purificador que gele a água e busca eficiência máxima na purificação da água.
Além disso como seu antecessor, esse aqui também não utiliza energia elétrica no funcionamento.
As classificações do INMETRO são as mesmas também, “A” em retenção de partículas, com eficiência bacteriológica e redução de cloro livre, ou seja, água limpa de verdade.
Outro ponto positivo do modelo é seu preço, ele é bem barato se comparado com outros modelo do mercado, mas seu refil é um pouco caro, o que acaba comprometendo um pouco a relação custo-benefício do purificador.

Pontos negativos

Além do custo do refil como já mencionamos, o CPC31AB tem uma outra característica negativa herdada do CPC30AB.
O botão de acionamento ainda é muito frágil, é estranho que a Consul não tenha prestado atenção nesse quesito já que as reclamações sobre isso no modelo mais antigo foram numerosas.
Não se trata de um problema gravíssimo, ainda consideramos ele uma ótima compra. Mas tenha em mente que ao adquiri-lo você precisará tomar um pouco mais de cuidado ao utiliza-lo no dia a dia.

Prós

  • Máxima eficiência em retenção de partículas
  • Eficiência bacteriológica
  • Não precisa de energia elétrica para funcionar
  • Compacto

Contras

  • Custo do refil
  • Botão de acionamento frágil

5° – IBBL FR600 Speciale

IBBL FR600 Speciale

Se você já vem pesquisando sobre purificadores de água, certamente viu esse modelo, que é um dos mais vendidos e bem avaliados da atualidade.
Se oferecesse eficiência máxima em termos de melhoria da qualidade da água, certamente estaria em primeiro lugar nessa lista.
Esse modelo IBBL é ideal para quem prioriza o fornecimento de água (bem) gelada em grande vazão, apresentando um ótimo custo-benefício.
Possui capacidade “C” (média) em retenção de partículas, reduz o excesso de cloro livre na água, porém não é certificado pelo INMETRO em eficiência bacteriológica.
Com sistema de refrigeração por compressor, consegue fornecer até 1,24 litro de água gelada por hora e seu reservatório tem capacidade para pouco mais de 2 litros.
O fluxo de água sai por duas torneiras, uma para água gelada e outra para temperatura natural. Essa característica facilita o uso do aparelho por crianças menores.
Pode ser fixado na parede ou colocado sobre a bancada da cozinha. Em termos visuais, não tem nada de mais nem de menos, é apenas básico.
Uma grande vantagem é que ele fornece água filtrada mesmo em caso de falta de energia elétrica (somente em temperatura natural, claro).

Pontos Fracos

Como o aparelho não é bivolt, na hora de comprar é preciso ficar atento à escolha da voltagem (ele é disponibilizado em 127 e 220).
O consumo de energia é um pouco maior do que o dos modelos analisados anteriormente, ficando em 11KWh/mês, lembrando que o sistema de refrigeração utiliza um compressor.
O filtro desse purificador dura até 6 meses (filtra até 3 mil litros) e tem um custo um pouco inferior aos de modelos com melhor eficiência em termos de melhoria da água.
E falando em filtro, um dos pontos fracos desse modelo é a ausência de indicador de troca.
Alguns usuários reclamam da altura das torneiras, que pode dificultar na hora de encher recipientes mais altos.
Vale mencionar novamente que se trata de um produto muito bem avaliado pelos consumidores.
Portanto, se você está ciente de que o modelo oferece um nível de filtragem regular, mas acha que ter sempre água gelada (ou pelo menos, filtrada, quando falta luz) e o bom preço compensam, é uma ótima escolha.

Prós

  • Boa capacidade de resfriamento de água por hora
  • Reservatório de 2,18 litros
  • Fornece água filtrada mesmo sem energia elétrica

Contras

  • Sem eficiência bacteriológica
  • Retenção de partículas regular (nível “C”)
  • Sem alerta para troca de filtro

6° – IBBL MIO

IBBL MIO

O IBBL MIO é uma boa opção para quem quer melhorar a qualidade da água sem gastar muito.
Embora não tenha eficiência bacteriológica, ele conta com retenção de partículas regular (nível “C”) e retira o excesso de cloro da água.
O design moderno é um ponto forte do modelo, desenvolvido exclusivamente para ser fixado à parede. Para quem precisa economizar espaço na cozinha, é excelente.
Não precisa de energia elétrica para funcionar, fornecendo apenas água em temperatura natural.
O modelo oferece boa vazão de água, contando com bica articulável que facilita bastante na hora de encher garrafas.
Comparado a outros modelos na mesma faixa de preço, o IBBL MIO se destaca pelo nível de retenção de partículas e design diferenciado, sem falar na confiabilidade da marca.
Essas características lhe renderam o 5º lugar em nosso ranking.

O que não agrada?

O filtro consegue tratar até 2.000 litros de água, com uma vida útil aproximada de 6 meses.
Podemos dizer que o preço do refil é um pouco caro, levando em consideração a qualidade da filtragem e durabilidade.
Ele é um dos campeões de vendas entre os modelos de purificadores mais simples e conta com avaliações majoritariamente positivas por parte dos consumidores.

Prós

  • Retenção de partículas regular (nível “C”)
  • Compacto
  • Design moderno
  • Bica articulável
  • Baixo custo

Contras

  • Não possui eficiência bacteriológica
  • Durabilidade e preço do refil

7° – Colormaq Premium

Colormaq Premium

Esse modelo tem uma boa capacidade de fornecimento de água gelada, graças ao sistema de refrigeração por compressor e reservatório de 2,3 litros, além de 7 opções de temperatura.
A capacidade de resfriamento de água certificada pelo INMETRO é de 1, 2 litros por hora.
Em termos de melhoria da qualidade da água, tem retenção de partículas “C” (regular), não conta com eficiência bacteriológica e retira o excesso de cloro livre da água.
Se colocamos na balança a capacidade de resfriamento da água, o nível de filtragem e o preço médio desse purificador, concluímos que a relação custo-benefício é ótima.
O gasto médio de energia elétrica fica em 10, 56 KWh/mês, relativamente alto, embora justificado pela presença do compressor.
Nessa conta também deve entrar o refil, que filtra até 4.000 litros de água e tem um custo razoavelmente baixo, comparado a outros modelos com o mesmo padrão de filtragem.
O design é diferenciado e ajuda a dar um ar moderno à decoração da cozinha.
Em caso de falta de energia elétrica, o fornecimento de água natural não para, graças a seu dispenser de acionamento manual.
E, falando em energia elétrica, o modelo não é bivolt, então é preciso selecionar um aparelho com a voltagem correta no momento da compra.

O que não agradou?

É preciso ficar atento para fazer a substituição do filtro no momento necessário, já que o modelo não conta com indicador de troca.
O purificador não pode ser instalado fixo na parece, o que deixa a desejar em termos de otimização do uso do espaço.
Esse modelo é mais uma opção para quem prioriza a obtenção de água gelada e não faz questão de ter eficiência máxima em termos de filtragem e eliminação de micro-organismos.
Algumas avaliações do produto mencionam que a temperatura da água “natural”, na verdade é fria, ou seja, mais baixa que a do ambiente.
Isso seria causado por uma falha na separação entre os compartimentos de água fria e natural.
E a marca Colormaq ainda está se expandindo no Brasil, por isso é bom conferir a presença de uma rede de assistência técnica própria na sua região antes de adquirir esse purificador, por segurança.
Fora essas ressalvas, o purificador Colormaq conta com boas avaliações dos consumidores e mereceu entrar em nossa lista, ainda que em último lugar.

Prós

  • Filtra mesmo sem energia elétrica
  • Ótimo custo-benefício
  • Boa capacidade de fornecimento de água gelada

Contras

  • Não possui eficiência bacteriológica
  • Retenção de partículas “C”
  • A água natural pode sair gelada
  • Não tem alerta de troca de refil

Conclusão: afinal, qual é o melhor purificador de água?

A resposta para essa pergunta vai depender das necessidades específicas e preferências de cada consumidor.
Embora o nível de retenção de partículas e a eficiência bacteriológica sejam itens básicos a considerar, em tese, a água fornecida pelas companhias de abastecimento já vem própria para consumo.
Tendo isso em mente, pode-se dizer que o purificador faz apenas uma complementação, retirando o excesso de cloro, resíduos originados nas tubulações e alguns micro-organismos.
Por esse motivo, também incluímos na análise modelos sem eficiência bacteriológica certificada, porém excluímos aparelhos com retenção de partículas abaixo de “C”.
Muitos produtos alegam benefícios como reposição de minerais e controle do desenvolvimento de micro-organismos (bacteriostáticos), entretanto essas propriedades não são atestadas pelo INMETRO.
Reconhecemos que escolher um purificador de água pode ser uma tarefa realmente difícil, porque muitas vezes os dados básicos não constam nas descrições dos aparelhos disponíveis na internet.
Além disso, nem sempre o consumidor sabe quais quesitos considerar e se sente perdido com o excesso de informações.
Esperamos que este guia tenha sido útil para tornar essa tarefa menos árdua.
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
error: Não é possível copiar.